Páginas

domingo, 1 de fevereiro de 2015

SEXO

Havia um silêncio de pedra
e no alto uma luz a luzir
com extremo brilho
quando o teu corpo invadi
com ânsia desmedida
e na parede encardida
do quarto de sonhos e fantasias
um velho relógio contava
o tempo do meu delírio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário