sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

CAOS

Há tantas cicatrizes
nestes caminhos,
há tantos passos
errados nestas estradas
nenhum sorriso
percebi nesta multidão
encharcada de traumas
e neuroses
e o caos urbano
torna a vida
questionável e insípida.
mas será consigo sobreviver
até o fim desta avenida?

TRISTES TRÓPICOS

Eu cansei dos trópicos. Cansei de presidentes ruins, governadores ruins,prefeitos ruins, parlamentares ruins, aeroportos ruins, rodovias ruins e portos ruins. Cansei de ouvir, ver e ler na mídia: roubo em estatais, país bate recorde em homicídios e acidentes de transito, os dois juntos ganham de qualquer guerra em números de vítimas.
Cansei de péssimo serviços de saúde, educação, segurança e de políticos salafrários. O meu amigo, poeta Aldisio Fílgueiras, escreveu um dia: "como é difícil ser romano nos trópicos". Cansei dos trópicos. Tristes trópicos.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

SOBRE MINHA MÃE


Em cada gestos de minha mãe
nascia um poema em cada olhar
de minha mãe abria-se
um foco de luz que alumbrava
a escuridão dos meus
caminhos
cada palavra
de minha mãe era um idioma
que universalizava a ternura.
.
( tuas lembranças,mãe, fertilizam ainda mais a minha saudade)

PÁSSAROS

Ontem na clara manhã de julho vi casais de alegres  sanhaços bebendo sol nas grades do meu terraço.