segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

OCASO EM BELÉM

O pássaro pousa suave
num vinco da tarde,
o sol derrama seus poentes
sobre os telhados dos antigos
casarios
lá para os lados do Ver-o-peso
o rio castiga e lambe a ribeira
enquanto a cálida Belém.
vibra e respira a clorofila
de suas decanas mangueiras

VIAGEM

Viajo na paisagem do teu corpo mergulho e garimpo perolas no mar dos teus olhos, e se o inverno me alcançar com suas hordas incessantes d...