terça-feira, 24 de julho de 2018

CONVITE AOS LÍRIOS


Quando os lírios ornamentarem
as campinas
da estação com suas flores olentes
e cândidas te convidarei para juntos
passearmos por esses campos,
ouvindo a sonata dos pássaros em cio
e tecendo costuras de sol.
E quando os Ipês,em floradas,
mostrarem aos amantes da primavera
suas belezas inebriantes,
me inventarei astronauta
e com minha nave de sonhos,
penetrarei no microcosmo do tempo
e abrirei o bau do passado,
tentando resgatar o elo perdido
de minhas memórias.

Lírica


Chegaste da jornada onírica/ pelos círculos do tempo/chegaste como os ventos que invadem janelas/ sem permissão/trouxeste nos cabelos uma flor amarela/ e nas mãos vernizes de luas
/e com chispas de sol nos olhos/ atravessaste a cidade/ e eu ardendo em chamas / te reencontrei na fronteira da tarde/.

A MULHER DO SONHO

Eu a vi. Era uma mulher andando no meu sonho vestida de sol e caminhava pisando em musgos e liquens encrustados nas pedras do caminho. Le...