Páginas

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

HAI-KAI

E neste teu sorriso
límpido de gema
é que mora o poema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário