Páginas

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

DESABAFO

Há tantas cicatrizes
nestes caminhos
há tantos passos
errados nestas estradas,
nenhum sorriso
se percebe nesta multidão
encharcadas de traumas
e neuroses e o caos urbano
torna vida questionável
e insipida ,
mas será que consigo
sobreviver até o fim desta avenida?

Um comentário: