Páginas

domingo, 22 de fevereiro de 2015

NO CARNAVAL DA VIDA


Ele olhou para o lado e viu a moça dos olhos de mar vestida com a camiseta do Galo da Madrugada. Aproximou-se e falou: - Moça, me desculpe, eu estava chutando a vida e inadvertidamente lhe atingi. E ela com ar angelical nos olhos, respondeu: - Não se desculpe. A vida tem dois polos: o negativo e o positivo. Você estava chutando o negativo e quando passei e sobrou para mim. Será que é sina de Pierrô magoar a Colombina? Disse ele. E ela com a leveza de um pluma na voz respondeu: No carnaval da vida não cabe magoas. Só cabe alegria. E os dois deixaram o Marco Zero juntos, no centro do Recife, onde a folia alegrava a vida.E no momento passava o Bloco da Solidão com seus estandartes de sombras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário