Páginas

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

CESARIANA

O silêncio retira
do útero da tarde
os embriões da noite.