Páginas

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

DECLARAÇÃO

Nada te direi
que não seja
para exaltar
a arquitetura
lúbrica dos teus
olhos de mar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário