Páginas

quarta-feira, 11 de março de 2009

CAOS URBANO

A boca da noite
engole a cidade
e suas almas.
A osmose urbana
cria monstros
abstratos que atiçam
o caos nas ruas
becos vielas
e avenidas
enquanto milhares
de minotauros
vorazes
e soltos nas praças
caçam inofensivos
teseus
e não há labirintos
á vista
para esconder
a aflição desta creta
sitiada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário