sexta-feira, 13 de março de 2009

A BAILARINA



Braços ágeis

( asas imaginárias)

traduzem a musica

no ar do instante

seminal.
Pernas e gestos

criam roteiros

acrobáticos.

Entre o balé

e a realidade

o salto da bailarina

desafia a gravidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DE SOMBRAS E TEMPO

Essas sombras margeando as trilhas dessas galaxias subterrâneas, as horas limando as moléculas do tempo deprimem o instante seminal enqua...