Páginas

domingo, 5 de abril de 2009

O BERRO DO MINOTAURO

Neste mundo engolfado pelo mais vil e odioso materialísmo, escarnecido pela abjeta ciranda do desamor, somos, todos nós, minotauros habitando labirintos de engôdo e dissimulação, sujeitos á vontade dos Teseus do poder. Vivemos em Cretas violentas e desumanas onde a dor, a desigualdade social perversa e a impunidade ultrapassam os limites da convivência humana. E nesta falsa Grécia só nos resta, a nós, minotauros desvalidos, berrar. Berrar e berrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário