Páginas

segunda-feira, 2 de março de 2015

LIVRE

Não me prendo as amarras...
deste capitalismo intenso,
sou um homem livre
livre como o meu silêncio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário