Páginas

domingo, 8 de março de 2015

A FLOR E A CHUVA ( MINICONTO)


Por que me molhas com tanto violência ? Se preciso apenas de uma gota tua para matar a sede de minhas raízes? Disse a flor.
- Molho-te com tanta força é porque tenho inveja do teu fado de enfeitar e perfumar o mundo, respondeu a chuva em seu discurso de inverno.
E então se calaram, enquanto a manhã se entrelaçava com a tarde.



.

Nenhum comentário:

Postar um comentário