Páginas

domingo, 8 de novembro de 2009

QUASE HAICAI

quando recito poemas de nydia
as manhãs se enchem de pássaros
e esqueço (da vida)as perfidias.

3 comentários:

  1. que bom, júlio... e eu mergulho nos seus, em busca de águas mais profundas...

    também fiz um poema de pássaro hoje. vou deixá-lo aqui, de presente pra você:

    o pássaro
    caminha sobre o muro, esquecido das asas

    e pia
    embora saiba todos os mistérios do canto

    eu sou
    o pássaro cinzento sobre este muro branco

    um beijo, querido poeta

    ResponderExcluir
  2. Acho vc uma poeta, inteligente e fascinante- Beijo poeta.

    ResponderExcluir
  3. Gostei!
    A Nydia realmente é demais, sou fã!
    bj

    ResponderExcluir