Páginas

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

VELEIROS


( Á Judite)

Dos teus olhos zarparam...
veleiros imaginários
que singraram os mares
dos meus sonhos
e aportaram no cais
intimo dos meus desejos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário