Páginas

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

PERDIDO & ACHADO


Ontem me perdi nas arestas
estafantes do tempo
ruminando palpitações...
e desencantos
[em triste vagar],
E hoje me achei tecendo
fiapos de nuvens e sol
no verde inebriante
dos teus olhos de mar.

Um comentário:

  1. Nem toda palavra forma poesia, mas toda poesia toca-se em palavras...

    ResponderExcluir