Páginas

sexta-feira, 24 de junho de 2011

PAISAGEM DA MEMÓRIA

Eu me lembro bem
havia um alpendre
chamuscado de sol
na casa de minha infância
onde os ventos
outonais varriam
o pó das manhãs.
Havia um sala
larga e imponente
e uma cadeira
de embalo onde meu
pai desfiava seus
projetos de grandeza
aos ouvidos de minha
avó que no silêncio
de seu tricô o ouvia
atenta e paciente,
como eram verdes
os dias na casa
de minha infância.
No útero da cozinha
minha mãe com suas
mãos brancas de candura
orquestrava almoços
e jantares sempre
com um sorriso aflorado
á boca carregada de ternura,
havia também uma lua
maiúscula que iluminava
as historias do meu avô
nas tépidas noites de verão,
ah, como eram cândidos os dias
na casa de minha infância.

2 comentários:

  1. "Reverdesceste" os dias de minha infância, me peguei olhando para minha menina no alpendre esperando a chuva passar, para colher pitangas, pular poças d'águas, correr vida a fora.

    Um beijo grande e bom final de semana.

    Carmen.

    ResponderExcluir
  2. Voltei a minha infância, valeu Julio.

    ResponderExcluir