Páginas

terça-feira, 7 de junho de 2011

CANÇONETA DO DIA ( para Nydia Bonetti)






Sob o silêncio
do alpendre
as horas estatizam
o tempo.
O dia avança
sobre as latitudes
da casa
enquanto o flautim
dos pássaros
antecede a chuva.

4 comentários:

  1. Muito boa esta cançoneta Julio.. e Nydia merece....abraços.Ana Lúcia Vasconcelos

    ResponderExcluir
  2. Que linda homenagem a uma grande poeta. Parabéns!

    Beijos.

    Carmen

    ResponderExcluir
  3. Julio, tenho um amigo poeta que diz que não sou poeta - sou cançoneteira. :=) Adoro isso... Bjo!

    ResponderExcluir
  4. lindíssimo poema para a grandíssima poeta minimalista.

    beijos

    ResponderExcluir