Páginas

terça-feira, 19 de maio de 2009

RELEMBRANDO OS GÊNIOS



Morreu esta semana o poeta uruguaio Mario Benedetti ( foto), uma das vozes mais sensatas da poesia hispânica e mundial. Sua poesia é comprometida com o social. Mario escreveu mais 80 livros e seu último livro foi "Testigo de uno mismo". Sua obra também reflete o sentimento da América Latina. Apagou-se mais uma estrela no cenário da poesia universal: morreu Mario Benedetti. Ele era um gênio da poesia, também do conto e do romance.

Um comentário:

  1. Mario Benedetti ...o que falar?
    Uma estrela que sobe mas vamos escutar se lermos alto teus versos de brilho. Deixou púrpuras letras...
    Cintia Thome

    ResponderExcluir