sexta-feira, 31 de maio de 2019

VIAGEM

Viajo na paisagem do teu corpo
mergulho e garimpo perolas
no mar dos teus olhos,
e se o inverno me alcançar
com suas hordas incessantes
de frio,
me refugiarei na arquitetura
terna dos teus braços
e depois dessa viagem onírica
aporto na doce calmaria
do teu ventre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A MULHER DO SONHO

Eu a vi. Era uma mulher andando no meu sonho vestida de sol e caminhava pisando em musgos e liquens encrustados nas pedras do caminho. Le...