Páginas

segunda-feira, 7 de março de 2011

CAMINHAR


Caminho meus pés
pelas trilhas da madrugada
insones meus olhos
fogem dos sonhos,
no parque as árvores
bebem o orvalho
da manhã
e se perfilam
para receber
o sol,
nas ruas
há tanta gente
sem sorrisos.

Um comentário:

  1. Um beijo, Amigo Poeta, te leio e percebo que também sofro destes sonambulismos...que comecemos a encontrar também gente sorrindo por onde passarmos.

    Bom entardecer e caminhantes seguimos.

    Carmen.

    ResponderExcluir