Páginas

terça-feira, 25 de agosto de 2009

O ENCANTAMENTO DO POETA


O poeta amazônico Anibal Beça encantou-se hoje pela manhã num hospital da cidade de Manaus, cidade que amou e a exaltou em inúmeros poemas. Pertencente a uma geração de intelectuais manauara que nos anos 60 se revoltou com a predominância do academicismo e fundou o Clube da Madrugada, com uma nova proposta de fazer literatura. Embora tenha se integrado ao movimento anos depois sua presença na literatura amazonense é de uma importância vital. Anibal foi meu contemporanêo no antigo Colégio Brasileiro, na rua 10 de Julho, no centro de Manaus. Depois enveredamos por caminhos diversos. Publicou varios livros, inclusive o clássico, "Suite para os Habitante da Noite" ganhador do prêmio Nestlê de Literatura. Sua primeira obra foi " Convite ao Frugal". Boa viagem irmão! Que as musas te recebam com flores no parnaso celeste.
" Os poetas não morrem se encantam"
Guimarães Rosas.

2 comentários:

  1. Julio, sei da sua dor tamanha, a cidade de Manaus inteira perdeu um habitante, um habitante que enaltecia sua terra, Eu, daqui que muitas vezes tive , em pouco tempo, contato virtual,sempre me dando força, era honesto em suas observações sem machucar ninguém... perdi também e desde entao leio, releio a sua poética primeira e não há como não chorar, chorar pela pessoa gentil, jornalista ilibado, coração de criança,,,
    ontem lembrei de uma parodia nerudiana de Cristina P. Rossi:


    'Podría escribir los versos más tristes esta noche,

    si los versos solucionaran la cosa.'


    Mas há de haver eternidade sua lava .

    Cintia Thome

    ResponderExcluir