Páginas

quarta-feira, 4 de julho de 2012

A FOTOGRAFIA

As sombras do alpendre
apagam os diálogos da memória.
Plantada na lavoura da parede caiada
( em moldura carcomida pela saliva do tempo)
a fotografia dos mortos mastiga
os gomos de sua solidão,
enquanto a chuva caindo no telhado
desperta os pássaros do meu silêncio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário