Páginas

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

CESARIANA

O silêncio retira
do útero da tarde
os embriões da noite.

Um comentário:

  1. Julio, poeta querido, volto ao meu tempo blogueiro...saudade de estar aqui no ACROÁTICO,mas também sabes que teço um trabalho de leituras e mais crédito poesia em redes sociais... bem, que o eco poético siga nos despertando.

    Um abraço fraterno meu amigo, feliz 2013!

    Carmen Silvia Presotto - Vidráguas!

    www.vidraguas.com.br

    ResponderExcluir